]
Publicidade: Zequi Motos Banner internas cabeçalho
Equatoriano vence rodada final e é Campeão Brasileiro de Motocross 05 Dezembro de 2016

O fim de semana foi de decisão no Campeonato Brasileiro de Motocross PRÓ. Grandes disputas agitaram a cidade do Cornélio Procópio (PR), que recebeu a 6ª e última etapa da maior competição da modalidade na América Latina.

O equatoriano Jetro Salazar, que chegou para a disputa com apenas dois pontos de vantagem, venceu a etapa e ficou com o título da principal categoria do Campeonato, a MX1. Foi a primeira vez que o piloto conquistou um campeonato, desde que chegou ao Brasil, em 2014.

“Estou muito feliz com a conquista. Estava focado, mas sabia que seria uma disputa muito difícil. Agora é comemorar bastante”, comenta o campeão da temporada 2016.

Jetro Salazar venceu a primeira bateria do dia e ficou em segundo na prova final. Na classificação final do Campeonato, o espanhol Carlos Campano que chegou como um dos grandes nomes na disputa do título ficou com o vice-campeonato. O  espanhol sofreu quedas nas duas provas da bateria e não teve um bom resultado. O português Paulo Alberto ficou em terceiro na classificação geral e o brasileiro Jean Ramos, que também era um dos nomes ao título, terminou em quarto.

Já no MX2, o piloto Gustavo Pessoa ficou com a vitória na etapa final, mas o título ficou com o piloto Fábio Santos que chegou para a prova com 20 pontos de vantagem. Os dois pilotos fizeram boa disputa pelo título durante toda a Temporada 2016. Mas Fábio Santos levou a melhor e ficou com a primeira colocação do Campeonato com 275 pontos somados.

“Estou muito satisfeito. Trabalhamos bastante para conquistar esse título. Fiz boas provas durante todo o Campeonato e agora fechamos a Temporada com essa grande conquista”, comenta Fábio Santos.

Na categoria Junior, o título ficou com o piloto Leonardo Nunes  que terminou a corrida em segundo lugar após uma prova de recuperação. A vontade de chegar na frente foi tanta que logo na largada, Leo Nunes arrancou e caiu com a moto para trás. Leonardo Cassarotti, que até então era o líder na classificação geral, não completou a prova após a roda traseira da moto quebrar. Ele liderava a corrida, mas abandonou faltando 10 minutos para o final e não pontuou.

Na MX3, o título já havia sido conquistado pelo esloveno Roman Jelen, que mesmo sendo campeão antecipado, venceu a etapa final.

A classificação completado do Campeonato pode ser conferida no site: http://www.cbm.esp.br/sistema/classificacao.php?campeonato=381&ano=&organizador=CBM&idModalidade=13

O Campeonato Brasileiro de Motocross PRÓ tem patrocínio oficial de Honda, Rinaldi, IMS Racing, Borilli Pneus e Levorin. A etapa conta com patrocínio de Comtrafo SA/ Eletrotrafo, Laboratório São Marcos, Promotos, Adrenalina, Madeireira Morumbi, Garcia - Multimarcas, Multi Motos, Rede de postos Paloma, Honda Graciano, GambitechMX, Maninho, Pizzaria Della Nonna e apoio: Sindicato Rural de Cornélio Procópio, Vilela, FM 104, Integrada e Prefeitura de Cornélio Procópio. A final válida pelo estadual da modalidade organizada pela FPRM (Federação Paranaense de Motociclismo) e conta com patrocínio de Pro Tork e Nos Energy.

Mais recentes VER TODAS AS NOTÍCIAS
Publicidade: